quinta-feira, 27 de agosto de 2009

27 de Agosto - O dia do Psicólogo!

27 de agosto!

Primeiramente parabéns a todos os psicólogos!!! Merecemos este dia, que vem sendo cada vez mais tomado como um marco para os profissionais da área. Um marco porque ao longo dos anos a psicologia vem crescendo e amadurecendo cada vez mais.

Somos de uma profissão relativamente nova, temos pouco mais de 40 anos; e em virtude disso, a ascendência do reconhecimento e conquistas vem crescendo, ao passo que também continua em crescimento nossa esperança da dissiminação do que é nosso trabalho e do que podemos contribuir para a "saúde" das nossas empresas, hospitais, postos de saúde, clínicas... E as inúmeras áreas que hoje a psicologia atua.

A cada ano reflito sobre minha profissão, sobre minha escolha, sobre ser psicóloga, e agradeço a todos que contribuiram para a minha formação, como professores, colegas, amigos, irmãos e principalmente a meus pais que sempre acreditaram em mim.

A cada ano confirmo que fiz a escolha certa.

A cada ano acredito ainda mais na psicologia... Naquela que me acolhe, sustenta e me faz crescer.

A cada ano agradeço aqueles que me procuram em meu consultório e depositam em mim a confiança de uma luz para suas vidas...

Em mais uma ano de comemoração agradeço a Deus por ser assim: COM ESSE JEITO PSICÓLOGA DE SER!!!

Um enorme abraço carinhoso a todos!

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

- Gripe Suína?!!

Bom dia a todos... Estava lendo os meus e-mails e recebí este aqui. Achei muito interessante, pois fala a respeito dos nossos comportamentos, crenças... E sobre uma maravilhosa autora (Louise Hay) que escreveu alguns livros sobre crenças, pensamentos... influências nas nossas mentes, que nos prejudicam ao logo das nossas vidas... Bom tudo que coloco aqui é para reflexão... coloquem suas opniões e vamos crescer juntos. Um enorme abraço.

Gripe Suína - Mudando a Mente para se proteger. O vírus causador da gripe é chamado de Influenza. Gripe = Influenza = Influência= não fluir, não ser espontâneo.

Segundo a autora Louise Hay em seu livro "Cure seu Corpo", o padrão de pensamentos e de comportamento de quem adquire gripe é :- Reação à negatividade. Temor. Deixar-se influenciar pelas opiniões alheias.

E o novo padrão de pensamentos que devemos ter, em substituição ao padrão acima é:- Estou acima de crendices e imposições sociais.

Estou livre de influências e pressões. É interessante observarmos que em casos recentes de gripes epidêmicas ou pandêmicas houve situações de negatividade e temor em caráter mundial e a população sofreu grande influência (Influenza) da opinião pública, despertando o medo e o temor em relação ao futuro.

Observe abaixo um descritivo resumido de cada surto epidêmico ou pandêmico de gripe :

1) 1.918 Gripe Espanhola: após a Primeira Guerra Mundial
2)1.933 Surto ligeiro: após a queda da bolsa de valores de 1.929
3) 1.946 Surto ligeiro: após a Segunda Guerra Mundial
4) 1.957 Gripe Asiática: após Pacto de Varsóvia ( ameaça de uma 3ª Guerra Mundial )
5) 1.968 Gripe de Hong Kong: após o início da Guerra do Vietnã ( ameaça de uma 3ª Guerra Mundial )
6) 2.004 Gripe Aviária: após ataque à NY e Guerra do Iraque ( ameaça de uma 3ª Guerra Mundial )
7) 2.009 Gripe Suína: após a Crise Financeira Mundial atualSegundo o horóscopo chinês, o signo do porco está associado à prosperidade.

Também em várias culturas a imagem do porco está associada à cofrinhos, à fartura e à riqueza.A principal atitude para evitarmos qualquer gripe é confiarmos no processo da vida e não sermos INFLUENCIADOS pela situação geral; não termosmedo do futuro.No caso específico da gripe suína, devemos evitar o temor em relação às questões econômicas e financeiras. Devemos confiar na Provisão Divina e na Prosperidade do Universo.Não adquira Influenza.

Não seja influenciado!

Não se deixe influenciar pelas notícias de "Crise Financeira Mundial". Acredite no Futuro, acredite na Vida!

Vamos FLUIR!

Autor desconhecido

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

- "Ideologia: eu quero uma para viver"



Olá meus amigos, estava nas minhas navegadas pela net, justamente querendo algo sobre ser idealista..., e olhem só o que encontrei, este texto belíssimo de um idealista assim como eu que falou tudo e algo mais do que eu gostaria. Espero que apreciem tanto quanto eu.... principalmente nós idealistas né? Um enorme abraço carinhoso.




“Um dia, quando olhares para trás, verás que os dias mais
belos foram aqueles em que lutaste.” (Sigmund Freud) - Foto:
acques-Louis David, A morte de Sócrates, 1787,
Metropolitan Museum of Art, Nova Iorque






Segundo o Dicionário Aurélio, ideologia significa sistema de idéias, ciência da formação de idéias. Já dizia o nobre Cazuza: "Ideologia eu quero uma pra viver". Eu fico imaginando se pessoas como Sócrates, Nietzsche, Joana Dark, Gandhi e o próprio Jesus conseguiriam viver sem suas ideologias, sem uma idéia de como deveria ser a vida. Tenho a impressão de que esses nomes nem sequer seriam lembrados se eles não fossem fortemente movidos por suas idéias.

Sócrates viveu bem antes de Jesus, mas já falava a máxima "conhece-te a ti mesmo", frase que vemos constantemente na ideologia cristã. Na ágora, a praça dos gregos, Sócrates despejava sua sabedoria, e jovens, filósofos, e pessoas comuns não ousariam discordar deste mito chamado Sócrates e, mesmo assim, ele dizia "só sei que nada sei". Ele não acreditava que havia deuses no Olimpo, isso fez com que chamasse a atenção das autoridades e dos oráculos, homens responsáveis pela orientação espiritual. Foi condenado a tomar cicuta, veneno bastante usado na época. Ele teve a opção de desmentir tudo, mas quis morrer por sua ideologia.

Nietzsche escreveu em seus diversos livros matando Deus. Apartou-se da sociedade, se fez arrogante. Acreditava que o homem é o centro de tudo, que não há Deus, há sim: o super-homem. Sua ideologia, de tão radical e ferrenha, o fez definhar aos poucos em um manicômio, abandonado por todos.

Joana Dark?! Alguns já assistiram alguns filmes, e certamente recordarão deste nome. Ela tomada por uma convicção de que tinha um destino em sua vida, e que haveria de cumpri-lo. Esse destino foi a morte, resultado da traição de seus companheiros de guerra, em batalhas entre França x Inglaterra.

Os próximos foram tomados por ideologias diferentes destes que acabei de comentar. Eles foram tomados por uma generosidade, amor à humanidade, filantropismo, enfim, foram influenciados pelo poder da mudança, usando como arma: o amor.

Gandhi lutando contra a opressão da Inglaterra na Índia, fez a guerra da paz, a luta sem armas. Usou a palavra, a "não-violência". Conseguiu libertar a Índia do julgo inglês sem levantar um braço ao alto, sem aumentar o tom da voz.

Jesus de Nazaré, movido pelo amor, com a mensagem de Deus, Javé, pregou o amor, desde criança usou a sabedoria, teve como os citados anteriormente muitos seguidores, entretanto, Jesus tornou-se o norte de gerações e gerações, e ainda hoje é venerado, adorado e amado. Jesus defendeu sua "ideologia" até o fim. Passou quarenta dias no deserto, e como qualquer pessoa que defende um ideal, foi tentado. O demônio fez suas propostas, mas como todos sabem, ele foi até o fim e morreu em uma cruz pelo povo, para que sua idéia, sua palavra seguisse em frente.

Agora fiquei imaginando um pai de família, analfabeto, sem instrução, seja ela social, política ou religiosa. Esse sujeito possui ideologia? Pergunte sobre suas idéias, e a resposta será a mais simples, pois esse sujeito está na luta pela sobrevivência. Sua ideologia é comer e dar comida. Quem sabe na flor de sua juventude ele sonhasse, ou mesmo lutasse por esses sonhos. Mas a realidade dura o fez um dia colocar os pés no chão e esquecer do que um dia já havia pensado sobre idéias de mundo, idéias sobre pessoas, personalidades individuais ou coletivas. Ele em seu trabalho árduo e diário pela sobrevivência esqueceu-se o que é ideologia. Morrerá sem saber ao menos o que é viver, que segundo Plutarco, é preciso viver, não apenas existir.

Será que ideologia, o sistema de idéias, a ciência da formação de idéias, tem algo ligado ao estilo de vida? Isso com certeza possa se dizer que sim, pois indivíduos com dinheiro sobrando no bolso, sem preocupações primárias, como alimentação e segurança, irão ter espaço sobrando em seu mundo das idéias, para formá-las e trazê-las ao campo real.As pessoas que possuem ideologias não estão muito preocupadas consigo mesmas, pois estão intrinsecamente ligadas a uma força que parece maior que elas, uma força que as diz o que fazer. Deixar de lado uma ideologia para o idealista, é deixar de lado a sua própria vida, conclui uma idealista.


Por: Elzanay, iati-PE em 24/05/09 pelo wiki repórter.

- Medo!! O que é esse sentimento?

Esse é um sentimento que nos paralisa, que nos faz entrar em nossos fantasmas, em crenças que nos limitam e até nos impedem de enxergar soluções que estão bem mais fáceis do que nós imaginamos.

Em alguns casos o medo é tanto que causa até uma baixa na auto-estima, pois o indivíduo pensa que não consegue nada, desacreditando na sua capacidade de realização e da própria competência.

É necessário nesses casos resgatar valores, reavaliar as crenças, desmistificar padrões ou experiências vividas em outras ocasiões das nossas vidas. Pois algumas dessas experiências as quais às vezes não associamos tamanha dificuldade, são as que nos bloqueiam, nos engessam e nos limitam.

Para tanto algumas pessoas precisam de um processo de autoconhecimento, ou seja, de um trabalho terapêutico, onde através de técnicas apropriadas, o enfrentamento do medo deve ocorrer, para a evitação da fuga constante, afinal só sabemos que algo está quente ou frio se experimentarmos; só saberemos o que tem atrás de uma porta se a abrirmos. O enfrentamento dos conflitos, dúvidas, pendências... Com uma ajuda adequada, é um dos passos fundamentais para a redescoberta do ser confiante, único, vencedor e criativo que há dentro de nós.

Sei que até o fato de procurar ajuda dá medo, mas sabe o porquê disso? É a resistência a mudanças, isso mesmo, o medo de mudar, de sair da zona de conforto, “então eu fico no meu casulo ou na minha caverna”, e vou usando o método do conformismo, é verdade! Você pode não admitir mais isso existe, claro que em muitos casos esse ato é inconsciente, por isso devemos buscar o método da aceitação, pois é ela que nos faz olhar para a realidade e que nos faz sair do lugar paralisado em que estamos para a busca de soluções.

Então vamos lá juntos, admitindo nossas falhas, nossas limitações, nossos erros e medos, nos ajudando, nos permitindo a crescer juntos..... sempre.

Um enorme abraço de confiança em todos!


* Por Adriana Pimentel
Related Posts with Thumbnails

Vídeos

Loading...