domingo, 24 de outubro de 2010

- Ano II!! Blogagem Coletiva e Convidadas...


Ano de comemorar!!!!!!!! É Festa!!!!

Isso mesmo!!!!! o Psico?Logico! Está de aniversário neste mês de outubro!E espero que vocês possam comemorar junto comigo esta alegria!!

Quem quiser participar dessa blogagem coletiva (com sorteio de um livro no final – Só para o Brasil) é fácil e simples:

Basta vocês comentarem sobre o que nesses dois últimos anos DE SUAS VIDAS! Vocês puderam fazer de novo! Diferente! Inusitado!, “Louco”! Compassivo...

Enfim, é uma forma de avaliar como o TEMPO está se passando na sua vida! E o que você está fazendo da SUA vida e com a SUA vida!

Sabe?! Como “já...já” é o final do ano também estou refletindo sobre minha passagem por este planeta, então pensei em fazer este post, juntamente em comemoração aos meus dois aninhos de blog! No sentido de podermos perceber, atitudes, falta de atitudes, acomodação, MUDANÇAS...
Ou seja, é para pensarmos como anda a vida! E Avaliar se aconteceu ou “não” mudanças nesse tempo. E se não houve... Talvez seja a hora de começar a planejar seus futuros passos, pois sempre é hora para o começo não acham?

Que tal? Vamos lá! deixe seu comentário com seu endereço de e-mail, quem sabe a sua história não é a sorteada. Isso mesmo no final do mês de novembro o sorteio ocorrerá... Vamos lá... Coragem!

Desde já agradeço a todas e a todos pelo enorme carinho, atenção e colaboração nesses dois anos de caminhada.

Gostaria de começar colocando o comentário das minhas convidadas, as quais foram e são personagens importantes nesta minha vida de blogueira.

São elas Cláudia do blog  Feito a Mão, minha amiga de infância e inspiradora (aqui e na minha vida pessoal) por ser uma mulher incrível e extraordinária, e com um blog mais incrível e extraordinário ainda.

A Lidiane do blog Bicha Fêmea, uma pessoa que está na minha vida virtualmente, mas que a empatia e o ser “fêmea” nos aproximaram... E ela tem um blog fenomenal assim como ela.

A Lêlê que também estamos ligadas através do mundo virtual, mas que nos aproximamos devido a sua meiguice e simplicidade, a qual, faz de seus momentos realizações e encontros para a busca de si mesma, com seu blog Casa de catarina.

Leiam os comentários delas e se inspirem... (Mas em no máximo 200 caracteres Ok? As minhas convidadas é que tiveram um maior privilégio, claro!!)

Enorme abraço!!!!!! E vamos à festa!!!


Para minha amiga Claúdia...
"Em dois anos eu fiz muitas coisas. Nada muito diferente do planejado, nada incomum. Todos os acontecimentos só confirmaram as ações anteriores e fazem parte de um planejamento consciente, à exceção dos relativos à saúde, pois isso ninguém planeja...
Saúde
Nos últimos dois anos, descobri que tenho hipotireoidismo, aumentei quatro quilos, perdi muitos fios de cabelo, minhas unhas se quebram facilmente. Venho controlando com remédio, mas tenho que manter um acompanhamento vitalício.
Descobrimos que nossa filha mais velha tem deficiência de crescimento e inciamos o tratamento com hormônios, que está sendo muito bem sucedido. Aprendi a aplicar injeções e a controlar meu medo de sangue. O que o amor de uma mãe não faz?
Decidimos não mais ter filhos e encerrar nossa contribuição à proliferação da espécie humana. Duas filhas está de bom tamanho nos dias de hoje.
Nesse período me matriculei na natação, cursei seis meses, tranquei. Me matriculei na hidro, cursei seis meses, tranquei. Passei a caminhar sozinha, torci o pé e tive uma tendinite mal curada que se arrasta até hoje. Passei a praticar ioga sozinha, para acalmar a mente e adiei meus planos esportivos, ao menos por enquanto. Mas sinto que preciso "me mexer" urgente.

Família
Há cerca de dois anos, ganhei mais dois sobrinhos: a Manuela e o Ulisses, para fazer companhia à Carol e ao Heitor. Eles são agora os caçulinhas da titia.
Mais ou menos no mesmo período, minhas filha mais velha se formou no ABC, me enchendo de orgulho e satisfação. Está lendo que é uma beleza!
Troquei de babá umas seis vezes e depois de vários problemas resolvi aumentar o salário da minha empregada fixa e contratar uma diarista para ajudar na faxina semanal. Foi uma ótima decisão, mas minha empregada fixa engravidou e entrou de licença maternidade. Foi um sufoco! As que a sucederam pareciam saídas de um manicômio! Tenho histórias para escrever um livro – de terror. Ainda bem que ela já está de volta.

Hobbies e lazer em geral
Há pouco mais de um ano, criei um blog que catalizou minha predisposição para o artesanato e assuntos femininos em geral. Desde então tenho cozinhado melhor, comprado mais livros de arte e gastronomia, frequentado cursos de culinária, lido muito a respeito de manualidades em geral (bordados, costura, pintura e scrapbook) e me aventurado a fazer técnicas novas, com o auxílio de tutoriais encontrados na rede. Sem falar nas festinhas infantis totalmente handmade...
De resto, viajei muito, trabalhei muito, estudei, li bastante, participei de vários cursos relativos ao meu trabalho e segui minha vida normalmente.
Bom, não é um resumo exaustivo, mas em apertada síntese é isso. Estou feliz e é o que importa."

Para a Lidi...
"O que aconteceu em minha vida que me marcou nos últimos dois anos? Essa pergunta feita pela Adriana, assim de “bate pronto”, fez minha cabeça dar uma reviravolta em busca das informações e sensações nesse sentido, e tudo parece confirmar o quanto o Bicha Fêmea tem um papel tão importante nisso tudo…
Ops! Antes de mais nada, permita-me uma breve apresentação: prazer! Sou a Lidiane Vasconcelos, ou a Lidi, como muitos me chamam na blogosfera. Será que você já ouviu falar do Bicha Fêmea? Pois, este blog é meu. Se você não conhece esse espaço virtual, pode até achar o nome ‘pra lá de estranho, mas garanto que não sou esquisita, e as mulheres que frequentam o blog são das mais legais e inteligentes da blogosfera, hein?!
Pois é, e não é que assim como a Adriana com o PSICO? LÓGICO! eu também estou prestes a completar dois anos de blogosfera? E nesses dois anos me vi aprendendo muito sobre este mundo em particular, e enxergando novas perspectivas para o blog também. Hoje em dia sei um pouquinho mais do que quando comecei, porque há dois anos eu sabia quase nada. Ganhei um pouco mais de experiência, e posso dizer que confirmo o quanto me imagino no caminho certo. Sim, o blog agora significa mais que prazer ou hobby para mim…
O Bicha Fêmea me faz estar constantemente motivada a buscar novas ideias para ele, me faz ousar, me faz inquieta e ávida por novidades. Meu mais recente passo foi a abertura de uma loja virtual para venda de artesanato, um projeto que tem me dado alegrias e a sensação gostosa da materialização de ideias que só tem quem tenta as coisas, e nesses dois anos perdi ainda mais o medo de tentar sempre. Afinal, já diz o ditado que quem não arrisca…
Por essas e outras, acredito que esses dois anos foram bem vividos e cheios de aprendizados e experiências. O Bicha Fêmea, o meu xodó, me deu todos esses presentes através de uma rotina tão gostosa, e que vivo deliciosamente, todos os dias. Poder trocar de tudo com as outras pessoas, experiências e aprendizados, sejam elas de perto ou de tão longe, certamente foi que de mais revolucionário em minha vida aconteceu nos últimos tempos. O que mais tenho sentido é a sensação de gratidão…"

Beijos,
Lidi

Já para a Lelê...
"O Tempo é algo engraçado, é algo que tenho absoluta certeza que não controlo os compassos. É algo que não mensuro ou da qual dependo inteiramente.
Não falo apenas do tempo contado em horas, mas dos anos que passaram e dos que ainda estão por vir. Estou aqui para falar dos que passaram, mais precisamente dos dois últimos, a convite da minha amiga Adriana, do blog Psico?Lógico! O blog dela completa dois anos e ela nos deu a bela tarefa de pensar um pouco sobre o que aconteceu nestes período, o que mudou na minha vida.
Quando comecei a pensar neste texto sobre o tempo e como ele foi generoso comigo nestes últimos dois anos, a minha primeira idéia era falar sobre os acontecimentos mais importantes da minha vida pessoal. Até escrevi um primeiro esqueleto deste texto, mas mudei de idéia e resolvi escrever nesta blogagem sobre a minha vida “virtual” nestes últimos dois anos (acho que já falei muito sobre o meu casamento, né?).
Nada mais justo, que na comemoração de dois anos do blog da Adriana, fale sobre o canal que me levou a conhecê-la, não? Acho que este é o meu primeiro depoimento de blogueira... como foi a minha trajetória, só para vocês saberem...
Dois anos atrás, eu era uma leitora assídua de noticias em portais comuns. Lia alguns poucos blogs, não comentava nenhum. Para ser bem sincera, acompanhava alguns diariamente, mas poucos, acho que dois ou três. O restante das minhas leituras era por acidente... rs. Sabe aquele dia que você dá uma busca na net e cai em vários blogs, simples assim. Os blogs que lia eram basicamente um de beleza, dois de “coisas de mulherzinha” em geral... decoração, artesanato, etc... O engraçado é que me identificava com o formato livre e despojado dos blogs.
Ai, você me pergunta, como foi que você decidiu criar um blog? Boa pergunta... não consigo falar direito... as razões não são racionais. Era uma sensação de que precisava pesquisar, criar, dividir, falar, escrever, conhecer... tudo isso junto, batido num liquidificador e jogado lá. Tanto que os primeiros dias do blog foram caóticos... você não sabe o que, como, onde escrever. Não tem a menor idéia de como interagir neste meio.

Sim, você descobre que é um meio... Sabe aquela cena do filme Julie and Julia que ela recebe o primeiro comentário no blog? (Pior... descobre que é da mãe, falando para parar com essa besteira) Então, foi parecido comigo... mas não foi da minha mãe não. Fui descobrindo como muitas blogueiras, empiricamente o que é blogar...
...Acho que consegui juntar o início da minha atividade blogueira e os meus dias de hoje... espero que no meu próximo post sobre o assunto, eu não consiga terminar de enumerar as blogueiras, e tuiteiras que fazem parte do meu dia a dia! Obrigada pelo que vocês têm me ensinado!!"
* O resto deste comentário está em seu blog, Pois Letícia foi tão legal que criou um post no blog dela.. com esse tema...Casa de Catarina

Obrigada minhas lindas... Obrigada pelo carinho e pelo tempo que vocês tiveram para participar comigo desta festa.
Espero que vocês se inspirem nas histórias dessas brilhantes mulheres e que possam também contribuir.

Beijos a todas e a todos e aguardo o comentário de vocês!!!

Adriana Pimentel


sábado, 23 de outubro de 2010

- Atualização do Blog.

Aguardem mais um pouco...
Atualização do blog está em fase de finalização.

Obrigada pela compreensão!!!

domingo, 10 de outubro de 2010

- Aniversário!!!! Aguardem!!!

 
Isso pessoal!!!!

Neste mês de outubro estou comemorando dois anos de blog!!!!

Aguardem o próximo post!!!

Estou arrumando tudo.... Com blogagem Coletiva, convidadas, sorteio e tudo mais!!!

Espero conseguir arrumar a tempo... Conto com a paciência de vocês!!!

Enorme abraço e bom feriado a todas e a todos!!!

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

- Olhe-se no espelho - texto de Lya Luft.

 Olá a todas e a todos!!!
Muitos de vocês devem conhecer esse texto. Recebí de uma grande amiga e me identifiquei bastante...
Pelo fato da mudança que está acontecendo em minha vida, pelo fato de rejuvenescer e muitas outras sutilezas de que trata o texto... Leiam e aproveitem...

 

Mês passado participei de um evento sobre as mulheres no mundo contemporâneo.
  
  
Era um bate-papo com uma platéia composta de umas 250 mulheres de todas as raças, credos e idades. E por falar em idade, lá pelas tantas, fui questionada sobre a minha e, como não me envergonho dela, respondi.
  
  Foi um momento inesquecível...  A platéia inteira fez um 'oooohh' de descrédito.
  
  
Aí fiquei pensando: 'pô, estou neste auditório há quase uma hora exibindo minha inteligência, e a única coisa que provocou uma reação calorosa da mulherada foi o fato de eu não aparentar a idade que tenho? Onde é que nós estamos?'
  
Onde, não sei, mas estamos correndo atrás de algo caquético chamado 'juventude eterna'. Estão todos em busca da reversão do tempo.
  
    
Acho ótimo, porque decrepitude também não é meu sonho de consumo, mas cirurgias estéticas não dão conta desse assunto sozinhas.
           Há um outro truque que faz com que continuemos a ser chamadas de senhoritas, mesmo em idade avançada. A fonte da juventude chama-se ‘mudança’.
  
De fato, quem é escravo da repetição está condenado a virar cadáver antes da hora.
  
  A única maneira de ser idoso sem envelhecer é não se opor a novos comportamentos, é ter disposição para guinadas.
  
  Eu pretendo morrer jovem aos 120 anos.
  
  Mudança, o que vem a ser tal coisa?
  
  Minha mãe recentemente mudou do apartamento enorme em que morou a vida toda para um bem menorzinho.
  
  Teve que vender e doar mais da metade dos móveis e tranqueiras, que havia guardado e, mesmo tendo feito isso com certa dor, ao conquistar uma vida mais compacta e simplificada, rejuvenesceu.
  
  Uma amiga casada há 38 anos cansou das galinhagens do marido e o mandou passear, sem temer ficar sozinha aos 65 anos.
  
  Rejuvenesceu.

Uma outra cansou da pauleira urbana e trocou um baita emprego por um não tão bom, só que em Florianópolis, onde ela vai à praia sempre que tem sol.
  
  Rejuvenesceu.

Toda mudança cobra um alto preço emocional.
  
  Antes de se tomar uma decisão difícil, e durante a tomada, chora-se muito, os questionamentos são inúmeros, a vida se desestabiliza.
  
  Mas então chega o depois, a coisa feita, e aí a recompensa fica escancarada na face.

Mudanças fazem milagres por nossos olhos, e é no olhar que se percebe a tal juventude eterna.
  
  Um olhar opaco pode ser puxado e repuxado por um cirurgião a ponto de as rugas sumirem, só que continuará opaco porque não existe plástica que resgate seu brilho.
  
  Quem dá brilho ao olhar é a vida que a gente optou por levar.

Olhe-se no espelho...

Lya Luft 
Related Posts with Thumbnails

Vídeos

Loading...