sábado, 10 de julho de 2010

- Insegurança!


Olá a todas e a todos!!!

Mais uma vez trago a vocês um assunto o qual me deparo muito no consultório.
As pessoas chegam se referindo a enorme insegurança que sentem em relação a determinadas questões de seu cotidiano.

Contudo digo a vocês que sentir algum tipo de insegurança em um determinado momento da sua vida, devido a algumas situações novas é completamente normal, afinal de contas somos seres HUMANOS e o sentimento faz parte da nossa existência.
Porém, quando algum sentimento se torna impeditivo para nós, no sentido de nos travarmos para as ações ai devemos levantar o sinal de alerta!

No caso da insegurança precisa-se investigar de onde ela surgiu, ou seja, estou querendo dizer que trazemos conosco muitas crenças... Isso mesmo crescemos com uma infinidade de crenças de diversas pessoas: pai, mãe, tios, professores ou figuras adultas que circundam a nossa infância e adolescência.

Então na verdade o reconhecimento dessas crenças pode proporcionar a redescoberta de novas formas de agir e de encarar o mundo!


Essa não é a primeira vez que falo a respeito das “nossas crenças”, e digo que continuarei falando delas, afinal somos feitos de histórias, da nossa história, e da forma como começamos a encarar o mundo a nossa frente.

A indicação então como falei antes, é o reconhecimento de algumas dessas crenças. Bom, algumas pessoas conseguem fazer isso facilmente, outras irão precisar da ajuda de um profissional habilitado, como um psicoterapeuta, por exemplo; para identificar os entraves que trouxeram consigo durante seu desenvolvimento.

A partir daí várias técnicas podem ser utilizadas para a reconstrução da história de cada um.

A EFT é uma das técnicas que utilizo no consultório com essa finalidade.
Cada um tem uma história e a crença especificamente adquirida, no caso para a utilização da EFT você pode fazer uma lista dessas crenças e começar a trabalhar em cima delas da seguinte forma:

Repetindo a frase de preparação:

Embora EU tenha .................(“tal crença”)............................, eu me aceito profunda e completamente.

Ex.: Embora eu tenha a crença de que não sou inteligente o suficiente para conversar com os outros, eu me aceito profunda e completamente.
* Leia o artigo O que é EFT?

Neste caso a cliente se achava sempre inibida em estabelecer contatos com outras pessoas, deixando-a sempre insegura e inferior aos outros; claro que investigamos a sua história e dentre outras crenças essa era uma delas. Algumas outras foram trabalhadas e hoje ela consegue se sentir mais segura e desenvolta nas suas relações.

Esse é só um exemplo de como podemos trabalhas as nossas inseguranças...
Espero que tenham aproveitado... Qualquer dúvida fiquem à vontade para conversarmos e trocarmos muitas idéias.

Trarei alguns outros exemplos...
Enorme abraço!

10 comentários:

Florentino disse...

esto passando por esta situação mas com ests palavras vou conseguir. beijos

angela disse...

è sempre bom um pouco de cuidado frente a situações novas.
beijos

Paula Betzold disse...

Querida, outro dia mesmo ia postar sobre a insegurança... ela sempre me faz estragar tudo... é como uma bomba q explode sempre na melhor hora....s e quiser me usar comocaso, fique a vontade... rs bjs

Paula Betzold disse...

Querida, tem selo pra vc la no blog!

Patricia Ligia disse...

A bagagem emocional que trazemos da infância e da adolescência é muito grande.

Em alguns casos, muito pesada também. Toda ela adquirida por "crenças".

No meu caso, era pesada demais.

Como você mesma falou Adriana, algumas pessoas conseguem reconhecê-las(as crenças)com facilidade, outras precisam da ajuda de um(uma) profissional.

Eu precise da ajuda de um(a) e digo com sinceridade: se soubesse que a terapia iria me ajudar, me transformar tanto, teria procurado ajuda ainda na adolescência.

Mas, aprendi que nada acontece por acaso e que tudo em nossa vida acontece na hora certa. Felizmente essa hora chegou pra mim e procurei ajuda.

Tive a sorte de encontar uma excelente profissional, que com o uso de algumas técnicas, em especial a "EFT", me libertou pra sempre do cárcere emocional.

Sou eternamente grata a ela por isso.

Toda vez que tento voltar alguma crença, me lembro dos seus ensinamentos e logo mudo o pensamento.

Aprendi também a usar a "EFT" sempre que preciso me libertar de algo que me incomoda ou que me deixa insegura.

Adriana você me deu presente essa técnica maravilhosa que uso como dever de casa sempre que é necessário!

Por esse motivo e por tantos outros é que sempre irei repetir a frase:

obrigada Adriana( minha psicóloga querida) por tantas transformações em minha vida.

Um grande abraço.

PSICO? LÓGICO! disse...

Olá Florentino!!!

Espero sim que essas palavras te ajudem... Precisamos reconhecer nossos entraves; esse é o início da mudança.

Sorte!

*********

Angela! pontuaste algo importantísssimo: o cuidado! estamos esquecendo disso não acha?

enorme abraço!

PSICO? LÓGICO! disse...

Olá Paula!! Querida! tente identificar o que acontece com vc!!! primeiramente acredite em você mesma! no seu potencial e nas diferenças...
Qualquer coisa... estamos por aqui!!! Enorme beijo

******

Olá Patricia!

Adoro seus depoimentos; agradeço muito suas palavras, são sempre muito carinhosas.

continue esta grande mulher em que você se descobriu...

Enorme abraço!

Neilon de Sousa disse...

Vou passar a pensar desse modo, falando pra mim mesmo essas palavras.
É incrível como somos hoje o reflexo de situações que vivemos no passado.
Ótimo seu Blog, estou seguindo.
Um abraço,
Neilon

PSICO? LÓGICO! disse...

Olá! Neilon!
seja muito bem vindo!!

Adorarei tê-lo por aqui! neste espaço onde poderemos trocar ideias e crescer juntos.

Abraço fraterno

Henrique Soares disse...

Olá, Adriana!
Encantada com seu blog. Acabei de conhecer, entrei na net para procurar um texto sobre ACREDITAR EM SI MESMO e deparei-me com um no seu blog sensacional. Parabéns, por ajudar as pessoas a se entenderem, a se aceitarem, isso é fundamental e gratificante. Continue assim.

Um abraço!

Meu nome é Cion Vieira (FRANCISCA NA CERTIDÃO DE NASCIMENTO), gosto de ser chamada assim. Sou graduada em História, pós-graduada em Educação Especial e também faço cerimonial. Moro em Novo Oriente -CE.

O e-mail é do namorado

Related Posts with Thumbnails

Vídeos

Loading...