segunda-feira, 14 de março de 2011

- Não reclame do seu parceiro!

www.walldesk.com.br/papel-de-parede
Bom dia a todas e a todos!

Navegando pela net encontrei este texto de Bruno J. Gimenes e achei ótimo para algumas mulheres refletirem também sobre seus comportamentos.... Me lembra um artigo que também escrevi se quer amor dê amor... Neste artigo ele fala tudo o que eu gostaria de dizer... Bom! Leiam e aproveitem....

"O tempo que a mulher gasta para lamentar-se sobre os pontos fracos de sua relação é a própria capacidade que ela tem de destruir a harmonia da vida a dois.

As situações de uma relação são como ondas do mar, que mudam de direção e de força de acordo com os ventos. Quando você se lamenta das atitudes do seu parceiro, você torna o mar ainda mais revolto. Por outro lado, quando você entende que a relação conjugal é um laboratório para a alma, você faz a sua parte para o amor crescer. E o amor cresce quando nos concentramos em querer amar... E querer amar é cuidar, aceitar, compreender e fazer por merecer o retorno.

As cobranças se tornam as raízes das brigas que levam o amor da relação à condição de cinzas ao vento. A paciência, a tolerância e o respeito são os pilares que sustentam uma relação amorosa. Sem essa tríade, não há amor. A paixão não é amor, mas pode tornar-se. Aquele que vive paixões temporárias constantes é porque não sabe aproveitar as oportunidades dadas para construir os alicerces de uma vida a dois. Os erros mais comuns surgem pelo fato de que as críticas aparecem assim que as emoções mundanas brotam na rotina de qualquer casal normal. A convivência é uma droga letal nas mãos dos profanos. O egoísmo é o agente causador da cegueira que gera a crítica, porque a crítica gera a ruína e a ruína vem da ignorância típica da egoísta.

 

Esse sentimento negativo, que é a causa maior de todas as doenças, sejam dos relacionamentos interpessoais ou da saúde física, converte a mulher em uma pessoa endurecida e alienada de sua responsabilidade de aflorar a sua energia essencial em todas as relações. Seja nas relações conjugais, de trabalho ou familiares, toda mulher deve convocar seu poder clareador de consciências e ativador de corações.

A crítica vem do erro mundano (egóico) de achar que a culpa está no outro. Vem da grave falha de interpretação das emoções produzidas. Do triste hábito da carência em projetar todos os sonhos no homem amado. Você é o seu sonho. Seus atos revelam a sua realidade e seu amor constrói seu paraíso.

Não perceber que o tempo gasto para criticar seu companheiro, é o mesmo que preparar a construção velha para a implosão destrutiva, faz de você infantil. Simplesmente pelo fato de que você nunca deve regar a semente que não quer que germine, e quando a semente da crítica é plantada e regada, a ruptura conjugal será a conseqüência mais natural.

Se está descontente, de mais amor, semeie a virtude do companheirismo.

Se o relacionamento já acabou e não há mais sintonia, então semeia a virtude do perdão, da aceitação e comece de novo com novos hábitos.

Se é o passado que lhe incomoda, então, tenha a certeza que você não é a vítima, não é a culpada e que estamos todos em evolução. Aprenda as lições e ame mais. Ame-se mais também.

Quando você critica seu parceiro, você faz crescer no seu jardim a erva daninha da desilusão, do desespero e da carência. Sempre somos nós os responsáveis pela colheita, sempre. O que você colhe é o que você planta.

A crítica que vem do egoísmo de pensar nos defeitos alheios é a porta de entrada da treva conjugal, o passaporte para uma vida de decepções. Nunca, jamais, critique seu parceiro. Seja você mesma, pondere os fatos, até abandone o barco procurando novas embarcações, mas criticar, nem pensar! No seu jardim, só devem existir lindas flores de amor e virtudes sublimes."

Mensagem de Viana recebida espiritualmente por Bruno J. Gimenes

QUEM É VIANA?

Viana sempre trabalhou na Terra como apoiador da expressão feminina. Em suas experiências de vida, por diversas vezes atuou a frente de projetos para apoiar mulheres no pós-parto, recém separadas, demitidas ou sob forte choque emocional provocado por situações traumáticas.

Seu jeito é tranquilo e centrado. Sua aparência transmite confiança. Levemente calvo, moreno, usa óculos de tamanho pequeno. Ele não se altera por nada, mantém sempre foco no sentimento da pessoa que pede sua ajuda. Ele olha no fundo dos seus olhos sem que você perceba que ele já "entrou na sua alma". Seu espírito é nobre, sincero, respeitoso, tranqüilo e centrado.

Suas palavras são de apoio e confiança. Ele considera o sofrimento normal, mas que seja por curto tempo, porque em excesso ele alerta que é um grave erro.

Ele sempre diz:

"Agora você já pode enxugar as lágrimas, já está bom (refere-se a cessar o sofrimento e começar de novo). Vamos em frente porque tem o Novo chegando diante de você".

Bruno é co-fundador do Luz da Serra.


Espero que tenham gostado ( Ah! Acrescento o igual tratamento para todos e todas as relações...) 
Enorme abraço! Adriana Pimentel 

10 comentários:

Patrícia Lígia disse...

Que texto mais lindo Adriana!

Como sempre, me deparo com grandes textos e reflexões no teu blog.
Parabéns!
Irei refletir e consequentemente aplicar na minha vida o que o amigo nos ensina."Saber amar".
Um grande abraço.

PSICO? LÓGICO! disse...

É Patricia!!! Coisas boas são para ser compartilhadas.
Enorma abraço!

Paola disse...

Concordo com a Patricia. Você sempre tras bons ensinamentos, mesmo que não seja diretamente seus.

Abraço

Juliana Bragança(juju) disse...

Eu adoro ler tudo aqui me enche de esperanças me ajuda a entender coisas que não consigo,me ajuda a ver de uma forma diferente.O texto é lindo vou imprimir e por na porta da geladeira!Eu tenho um livro de cabeceira (rs adoro ler) chama-se O PODER DA ESPOSA QUE ORA, aconselho pra quem costa de ler.

PSICO? LÓGICO! disse...

Olá Paola!
Obrigada pelas palavras.
Enorme abraço!

Betânia disse...

Belas palavras concordo com todas que escreveram.

Parabéns pelo blog Adriana. Virei mais vezes.

PSICO? LÓGICO! disse...

Obrigada a você Juliana também pelas palavras! que bom que o que vc encontra por aqui te ajuda na tua caminhada! fico feliz!
Desculpa por demorar tanto tempo para te responder...

*****
Aproveitando... agradeço a participação de Betânia. Obrigada e seja bem vinda!

Anônimo disse...

Chorei muito, estava precisando deste texto...como dizem palavras certas em momentos certos!Obrigado!
Isabel Alves
Porto Alegre-RS

Anônimo disse...

Chorei muito, estava precisando deste texto...como dizem palavras certas em momentos certos!Obrigado!
Isabel Alves
Porto Alegre-RS

gua disse...

Eu estava navegando na net a procura de uma palavra de conforto,e encntrei aqui,tudo q vc mencionou no texto esta acontecendo comigo,nao estou sendo a esposa q meu marido merece,mas depois desse texto tenho certeza q tudo vai mudar,mim emocionei muito...obrigado

Related Posts with Thumbnails

Vídeos

Loading...