sexta-feira, 20 de março de 2009

- Como é difícil focar no positivo (como reverter isso!)

Este texto fala a respeito da aplicabilidade da EFT para pensamentos e situações ocorridas de uma forma negativa nas nossas vidas. O Autor André Lima cita um exemplo onde pode ficar mais claro como é a utilização desta técnica. Leiam e aproveitem tal contribuição.

Uma coisa que a EFT poderá realmente nos ajudar, é a focar mais as coisas positivas. Algumas pessoas conseguem se sentir mais felizes do que a média, mesmo tendo uma vida considerada mais difícil. Outras pessoas, no entanto, apesar de terem uma vida aparentemente mais fácil, demonstram mais insatisfação com a vida do que a média das pessoas. Isso todo mundo sabe e cada um de nós conhece pessoas nas duas situações.A pessoas mais insatisfeitas tendem a focar e a pensar mais nas coisas da vida que não estão muito bem, que poderiam melhorar, ou em fatos ruins do passado que já aconteceram. Se você colocar os seus pensamentos a maior parte do tempo em coisas negativas, certamente será menos feliz do que se desse mais importância aos fatos positivos do dia a dia. Focando no negativo, deixamos de fazer coisas, evitamos experiências e aí a vida vai ficando cada vez com menos motivos para se ter alegria.
Quanto mais focamos no positivo, mais felizes ficamos, agimos melhor, e consequentemente surgem mais motivos para se ter alegria.

Falar isso é fácil, praticar é que é difícil. Tomar consciência é importante, e as vezes traz alguma mudança, outras vezes não. Quando converso com alguns clientes, muitos reconhecem exatamente isso e dizem "racionalmente eu sei que devo pensar mais nas coisas positivas, que tenho motivos pra isso, mas na prática, não consigo agir assim por mais que eu tente". Aí, eu explico que com a EFT, temos uma grande ferramenta para nos auxiliar na libertação de pensamentos e sentimentos negativos, de forma rápida e prática. Outras vezes escuto esse tipo de comentário em tom de satisfação depois das sessões: "Eu sabia que precisava mudar, tinha plena consciência disso, mas não sabia como. Parece que encontrei com a EFT o que estava faltando para me ajudar!"

O foco nas coisas negativas nos faz perder grandes oportunidades na vida. Atendi a uma médica que já havia realizado mais 5000 pequenas cirurgias. De todas essas, houve dois casos em que alguns problemas ocorreram, devido a complicações normais que são possíveis de acontecer, por mais que se tenha cuidado.

O resultado dessas duas experiências é que ela deixou de operar. Está deixando de ajudar a sociedade com o que sabe fazer de melhor, por medo. Está deixando de ganhar dinheiro com isso também, e a sua situação financeira piorou. Não está pensando no enorme bem que fez a 4.998,00 pessoas. Duas experiências negativas dentro de 5000 ou seja, 0,04% do total, a fizeram tomar uma decisão radical que ela não tomaria caso não desse tanta importância aos fatos negativos.É claro que o ideal é que se aprenda com esses fatos, para que se tenha mais cautela, diminuindo as chances de que algo negativo ocorra. Isso é isso que chamamos aprender com a experiência. No entanto, a forma que ela encontrou de anular os riscos foi deixando de praticar a cirurgias, e não era isso que ela realmente desejava. O que ela aprendeu com a experiência foi "eu devo deixar de operar".

Como então é possível tratar isso com a EFT? É só investigar os sentimentos guardados com relação aos fatos passados. Com essa cliente, identificamos que havia um sentimento de culpa ao lembrar do que havia acontecido, mesmo que racionalmente ela soubesse que fez o que deveria ter feito.

Começamos então a fazer rodadas para a culpa: "apesar de eu me sentir culpada por ter acontecido tal fato com esse paciente, eu me aceito...". Depois de algumas rodadas, o sentimento de culpa cedeu completamente. Ainda ficou um medo de que novas situações como essas se repetissem. Então fizemos outras rodadas: "apesar de ter medo de passar novamente pela mesma experiência, eu me aceito profunda ...".

Ainda não sei se ela vai voltar a fazer cirurgias, pois é preciso todo um investimento para se atualizar novamente e talvez ainda existam outras questões emocionais que a impeçam, mas pelo menos agora ela pode escolher de forma mais saudável, sem se prender as essas experiências negativas.É importante ficar claro o seguinte. Fazendo a EFT não estaremos eliminando os riscos que existem na vida, estaremos eliminando os medos. Algumas pessoas querem eliminar os riscos, e estes somente poderão ser amenizados pela experiência pessoal de cada um. É possível se sentir bem, mesmo sabendo que há riscos. Uma frase de preparação da rodada de EFT que pode ser feito para internalizar melhor isso poderia ser:

- "Apesar de haver o perigo de ocorrer tal coisa, eu escolho correr o risco" . Na frases lembrete você pode dizer apenas "eu escolho correr o risco" ou - Apesar de saber que existe um risco em se realizar tal trabalho, eu escolho me sentir em paz e seguir em frente mesmo assim". Frase lembrete: "Eu escolho me sentir em paz e seguir em frente".Normalmente eu uso esse tipo de frase depois que o medo já foi completamente eliminado, ou quando já está em um nível bem baixo.Então pense em quantas coisas que poderiam ter sido boas na sua vida você deixou de fazer por medo ou por experiências negativas passadas. As vezes, deixamos até de fazer por causa de experiências negativas de outras pessoas: "não vou abrir um negocio porque meu pai abriu e quebrou", "não vou viajar para tal lugar porque fulano foi e foi assaltado", "não quero ser advogado pois meu irmão está muito insatisfeito com essa profissão".
Pense nisso e aplique a EFT.

*Por André Lima: Terapeuta Holístico - Praticante de EFT, Reiki Máster, Terapeuta Floral

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails

Vídeos

Loading...